guia.png

Guia de como vender beats online

Fuja da corrida dos ratos!.

Faça o que você ama. Passe seus dias no estúdio criando música. Tire o dia de folga e faça seu próprio horário. Seja pago
quando estiver relaxando com seus amigos e familiares.Seja pago mesmo quando estiver dormindo.

Isso não é um sonho. Essa é a realidade. Eu sei, porque estou vivendo esse estilo de vida.

E centenas de outros produtores também.

Para começar, você não precisa de uma equipe. Você não precisa de um gerente. Você nem precisa de muito dinheiro.

Você só precisa de duas coisas:

1 - Boa música
2 - Uma forma de apresentar suas batidas ao público
Se você planeja vender beats, tenha certeza de que vale a pena vendê-las.

Você já tem os dois ? Excelente!

Nesse caso, você pode transformar suas habilidades de criação de beats em um negócio lucrativo. Existem MILHARES de
artistas dispostos a pagar por sua música.

Mas vender batidas online não se trata apenas de fazer música.

Você precisa de um plano para começar.

Como você fará com que sua música seja ouvida?

Como você vai fechar negócios e fazer os artistas pagarem por seus beats?

Você veio ao lugar certo porque é exatamente isso que eu vou te ensinar.

 

 

Quem sou eu?
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Meu nome é Lucas Ariel conhecido como Lucas Beatmaker ou LB. Sou Beatmaker e Produtor musical e Tenho vendido batidas desde 2010 e estudando
sobre o mercado de venda de beats desde então.

Comecei a fazer batidas em 2009, mas foi em 2010 que vendi meu primeiro Beat online.
Na ocasião eu troquei o Beat por 10 unidades de cópias da Mixtape do artista, a minha primeira compra já foi para o CD físico em poucos meses e eu podia vender as cópias a 10 Reais cada = 10x10$=100$ ouça aqui meu primeiro beat "vendido".

Em 2011, ganhei menos de $ 500 no ano inteiro.mesmo sem saber o que estava fazendo ...

Em 2012 e 2013 eu participei das maiores batalhas de Beat de São Paulo como Battle Beats e Liga Dos Beats ganhando algumas e chegando na semi final na maioria.

Em 2014, produzi a "Chá de Quebra" do artista Flow MC com Participação de Shawlin (Cachorro magro) e esse som
me colocou literalmente no mapa, chegando a tocar na rádio , na época pouca música batia mais de 500.000 de views.

Em 2015 produzi "Atividade na Vila" do artista Valente no qual o mesmo foi indicado como artista revelação no premio VMB fazendo o meu beat tocar nos comerciais da MTV Brasil.

A partir dai muitos Mcs me procuraram para comprar Beats e não parei desde então.

E nesse ponto você poderia pensar que eu estava ganhando a vida fazendo música. Mas não foi o suficiente
para mim.

Nos anos seguintes, tive muitas mudanças , tendo que vender parte dos equipamentos e ficando apenas com o básico
automatizei e otimizei a maior parte do meu negócio de vendas tradicional e foquei apenas em fazer e vender beats, Sem
estúdio , gravação de voz, mixagem e masterização.

Em 2016 eu foquei 100% minha vida a isso,estudando sobre marketing digital, comecei a cursar Administração de
empresas , tudo para aplicar na venda de Beats

Em 2017 eu juntei todos os comprovantes que tinha de venda de Beats do último ano e no período de 12 meses eu tinha feito
10.467 R$ apenas com meus Beats !!!
Dividindo por 12 eu ganhei cerca de 872 R$ por mês.

Consegui colaborações com grandes artistas, gravadoras e produtoras.
Simplesmente fazendo o que eu mais amo, dia após dia. assim como você está agora.... Será?

Não estou dizendo isso para me gabar, estou apenas mostrando o que é possível.

Chega de falar sobre mim, vamos mergulhar nos detalhes.
 

Antigamente a venda de Beats era difícil pois não tinha plataforma nenhuma para isso , não existia nenhuma garantia dos
direitos do beat .Para nossa sorte, agora é muito mais fácil.

Agora temos plataformas de vendas online de sucesso, como BeatStars, Airbit e Soundee (plataformas americanas) e Hoje
temos a Beat Place, Plataforma Brasileira que vende em Reais. Eles ajudam os beatmakers a administrar um negócio
automatizado de vendas de beat.

Você pode se inscrever gratuitamente e começar a vender batidas em sua plataforma em menos de 30 minutos.

Essas plataformas de venda de batidas oferecem a você uma loja de batidas e um site pessoal onde você pode vender
batidas.

É ótimo ter um lugar onde você pode direcionar seus clientes e dar-lhes a oportunidade de comprar seus beats. Você nem
precisa mais do seu próprio site (embora eu recomende comprar um).

Instagram, Facebook e YouTube são os lugares mais populares para vender batidas e construir uma base de fãs leais.

É lucrativo?
Definitivamente. Em essência, os beats são produtos digitais que você pode vender pelo preço que quiser. As margens de lucro
podem aumentar quando você ganha mais público.

BeatStars postou recentemente um tweet sobre a receita mensal de seus produtores.

 

 

 




Mais de 1 Milhão de Dólares por 3 meses consecutivos
Isso prova que os artistas estão dispostos a pagar muito dinheiro pelas batidas hoje em dia.

Hoje o mercado deve gerar pelo menos US $ 30 milhões por ano.

Mesmo se você conseguir 0,1% disso, ainda estará ganhando U$ 30.000 por ano.

Muitos motivos para começar a vender seus Beats online, não acha?

Mas você deve estar pensando " mas isso é nos Estados unidos...aqui não vale a pena" 

Concordo em partes ! O mercado brasileiro tem suas próprias características e está crescendo muito e

quanto antes você entrar nessa ,melhor!

Você pode entrar no mercado Americano como muitos Beatmakers fazem, usando o modelo deles de venda de beats
lease/exclusive 
Mas com a BeatPlace você pode vender do modo tradicional Brasileiro, somente Beats Exclusivos. 

Eu vou te provar que esse modo também é rentável mesmo não cobrando um absurdo nos Beats. Estes são meus últimos ganhos feitos
na virada de mês.











 

Para quem é este guia ?

Este guia não levará você do zero a R$ 10.000 da noite para o dia. Em vez disso, ele mostrará os primeiros passos para
construir um negócio que tem o potencial de crescer para uma receita de 6 dígitos.

Não vou lhe contar histórias como: "Como fazer 6 em 7‘ com esta estratégia secreta ’. Porque isso não existe!

Estou compartilhando a mentalidade, as ferramentas, as estratégias comprovadas e o conhecimento que obtive ao longo dos
anos, que venho vendendo online.


Parte 1: O funcionamento interno da venda de batidas online
o modelo de negócios para vender Beats online que criei é fácil e direto.

 Como funciona a venda e o licenciamento dos Beats?

- Criar o Beat
- Upar na plataforma
- Promover Seu catálogo
- Artistas descobrem seus beat
- Artistas compram a licença 

 O que é a licença do Beat?

É um contrato que garante os direitos do beat aquela pessoa que o comprou e ao produtor do arquivo de áudio.

Uma vez que alguém adquire uma licença exclusiva, outros artistas não podem mais comprar aquele Beat. Geralmente, os
produtores marcam a batida como "VENDIDO". Ou retira do site depois de vendido.

No mercado americano existe outros tipos de licença, mas estamos mais focados em saber como funciona aqui no Brasil ,
aqui o Beat tem só um comprador, você até pode upar seu Beat no Youtube (com tag) como [FREE] mas sempre será somente
para uso sem fins lucrativos, ou seja ninguém poderá upar a música em outras plataformas a não ser Youtube , soundclound e plataformas não monetizadas caso isso seja feito você terá
que reivindicar seus Direitos e isso poderá acabar até na justiça , ninguém quer ter esse problema então se alguém
estiver realmente interessado em ter aquele Beat essa pessoa irá buscar comprar a licença do beat. 
Assim ela poderá lançar a música em diversas plataformas.

hoje em dia o próprio Youtube mostra se alguém usou seu vídeo, no caso , baixou o beat gravou e upou de novo no youtube,
você pode bloquear ação ou não.Existem ferramentas de rastreamento Tendo assim total controle de seus Beats.

Quanto dinheiro você pode ganhar com a venda de batidas online?


É praticamente igual a qualquer outro negócio de comércio eletrônico.

Com matemática simples, você pode determinar quanto
dinheiro pode ganhar.


Como ganhar de 0 a R$ 100.000 por ano Vendendo Beats online :
 

- Seus primeiros R$1.000
R$ 50 por beat X 20 Beats/Mês = R$ 1.000

- Seus Primeiros R$10.00
R$ 50 por beat x 20 Beats por mês = R$ 1.000 X 12 = R$ 12.000/ano

- Seus Primeiros R$20.000
R$ 70 por Beat X 30 Beats / Mês = R$ 2100 X 12 = R$  25.200/ano

- Seus Primeiros R$50.000
R$ 100 por Beat X 40 Beats / mês=R$ 4.000 X 12 $48.000/ano

- Seus primeiros R$100.000
150$ por Beat X 55 Beats / Mês = R$ 7.500 X 12 = R$99.000/ano

Quanto maior a demanda , maior a oferta , com o tempo você vai alcançando mais publico,  você pode cobrar quanto quiser
no beat nessa margem de R$ 50 a R$ 200. Se você quer vender 50 Beats/ Mês também precisa se comprometer a fazer no mínimo
50 Beats / Mês .

Estou contando apenas com a Loja de Beats fora os Beats por encomenda que são Beats criados do zero com ou sem referência ou acapella que requer uma maior atenção e mais tempo de produção ( as vezes dias) portanto deve ser cobrado um valor maior. 

Parte 2: como iniciar um negócio de Venda de Beats de baixo custo e alto lucro 

O caminho para minhas primeiras vendas foi difícil. Mas vender batidas online nunca foi tão fácil. Você pode iniciar um
negócio de venda automática por R$0 

Tudo que você precisa para começar a vender suas batidas online é:

- Beats
- Licença dos Beats (Veja aqui meu modelo)
- Loja de Beat ( Beat Place , Beatstars )
- Lista de Emails 
- Canal no Youtube
- SoundCloud
- Redes Sociais 


Formatos de áudio

Se você tem um HD cheio de beats, você já está sentado em uma pilha de ouro.

Se você não tem muitas batidas. Em seguida, comece a criar um catálogo de diferentes tipos de batidas antes de
iniciar seu negócio.

É Importante que seu Beat esteja bem mixado e bem masterizado.

Exporte Seus Beats nos seguintes formatos de áudio :

- MASTER em WAV e MP3 (320 kbps) Com tag Para o Youtube

- Beat em aberto tracks separadas (24 bits - 44,1 kHz) Para upar no Drive

É sempre bom salvar o Beat com o BPM e a Escala da música para facilitar o trabalho de quem for grava-la e claro sua
marca para não se esquecerem na hora dos créditos

Exemplo : 

Beat"nome do beat" 140BPM D# Minor (prod Lucas Beatmaker)
 

O que são TAGS ?
 

Tags são trechos de áudio que os produtores usam para "identificar" seus trabalhos. Você provavelmente já ouviu músicas
que começam com “Celo ,você é foda” ou “dropa no beat do spyke”.

Existem duas razões pelas quais um produtor marca sua música.

1 - Divulgação (para que as pessoas saibam que você é o beatmaker)
2 - Segurança (evite que as pessoas roubem sua música e a usem de forma indevida).

Vendendo beats no YouTube


O YouTube se tornou o lugar número um para a venda de beats. A maioria dos artistas pesquisam no YouTube para encontrar
beats para seus projetos musicais.

Por quê? Porque eles se sentem confortáveis ​​com a plataforma. É onde eles já passam muito tempo.

Isso significa que você também tem que estar lá !

Uma desvantagem do YouTube é que é muito difícil reivindicar um lugar nos resultados da pesquisa.

Você pode pagar para que seu Beat seja exibido em um anúncio em um canal específico acertando assim o publico alvo que
deseja sendo assim uma ótima vitrine.

Vender batidas no YouTube não é fácil. É preciso consistência, dedicação e paciência. Para ser franco, não vai lhe dar
muitas vendas no início .

Mas os produtores que estão ganhando no YouTube estão ganhando 6 dígitos com a venda de beat. Além disso, eles ganham
milhares de dólares monetizando seus vídeos no YouTube.

Usando o SoundCloud para vender batidas


Outra forma de apresentar sua música a clientes em potencial é o SoundCloud.

É o ponto de encontro perfeito para artistas, o que o torna um bom mercado para suas batidas.

Uma desvantagem do SoundCloud é que ao contrário do YouTube, não existe um jogo de SEO (Search engine optimization) que
pode ser jogado. Em outras palavras, é mais uma comunidade social, ao invés de um lugar onde as pessoas procuram coisas
específicas.

Claro, sempre haverá pessoas que pesquisam termos relacionados à compra de batidas online. Mas isso é relativamente
pequeno em comparação com o YouTube.

Para ser notado no SoundCloud, você precisa de uma abordagem um pouco diferente.

Marketing de mídia social


A mídia social é o cruzamento perfeito entre um mercado e uma comunidade social. Mas é aqui que tudo dá errado para
muitos produtores ...

A mídia social não é um lugar onde as pessoas vêm para comprar. Eles vêm para interagir com amigos, família ou para
encontrar coisas interessantes.

Muitos produtores esquecem que é uma comunidade social.

E eles começam a enviar spam para seus seguidores com postagens sem sentido como estas:

“Acabei de uper um novo beat. Compre aqui!"

“Baixe minha nova batida de graça!”

“Confira meus beats em xyz.com! ”

Eles também infectam seu DM 24 horas por dia, 7 dias por semana, com as mesmas mensagens.

Eu mesmo já fiz muito isso, por que não tinha um direcionamento, alguém que me apontasse o caminho

As pessoas querem saber mais sobre você, quem você é, o que você faz e como o faz. É para ser um conteúdo divertido e
leve. Pense nisso como uma forma de estabelecer mais confiança com seu público.

O oposto de empurrar as pessoas para uma venda.

Então, em vez de dizer “Confira minhas batidas em xyz.com!”

Publique algo como:

“Passei a noite toda acordado criando essa beat. Minha primeira tentativa de criar uma beat do tipo Trap Soul. O que você
acha disso e quem você ouve nesse estilo? ”

Isso levará a mais engajamento. Isso deixará as pessoas curiosas sobre o conteúdo que você está postando. Isso resultará
em mais comentários e curtidas.

Se a batida for boa, alguém perguntará nos comentários sobre o link. É aí que você lança sua loja de beats

 

Construindo relacionamentos com o cliente

Nenhum cliente significa nenhum negócio. É simples assim.

Vender batidas não vai fazer você ir de 0 a $ 10 mil nos primeiros meses. Para ser honesto, conseguir seus primeiros
clientes pode ser um desafio.

Mas eu quero que você pense sobre isso assim:

Se você conseguir que uma pessoa compre suas batidas. Você pode fazer com que 10 pessoas comprem suas batidas.
Se você conseguir que 10 pessoas comprem suas batidas. Você pode fazer com que 100 pessoas comprem suas batidas.
Se você conseguir que 100 pessoas comprem suas batidas. Você entendeu a ideia…
Seus clientes valem ouro. E você deve tratá-los assim também. Construir relacionamentos é crucial para o seu negócio de
venda online.

Eu investi muito tempo e energia neste últimos anos e valeu a pena no longo prazo.

Termos e cauculos usados Para não perder com a venda : 

VMP = O valor médio por pedido  (valor médio em reais gasto cada vez que um cliente faz uma compra em sua loja.
no caso da Beatplace, 30% da venda )
RT = receita total 
VCB = Valor Completo do Beat
VMB = Valor mínimo do Beat

o VMB da Beatplace é de R$80,00 sendo assim Para cada novo cliente, teoricamente falando, eu ganharia cerca de
R$ 56,00 na RT.

{VCB - VMP = RT}

R$ 80,00 - 30% = R$ 56,00

Então pra você ter o VMB de 50 R$ você precisa colocar na sua loja por R$80 e assim por diante.

Se você leva a sério a venda de beats online, você precisa se preocupar com os números.

Eles dizem muito se você está realmente fazendo a coisa certa. E se você está tratando seus clientes da maneira certa.


Resumo 

- Se você tem um disco rígido cheio de beats, você já está sentado em uma pilha de ouro.
- Tags são trechos de áudio que os produtores usam para "identificar" seus trabalhos.
- Sites como BeatPlace ajudam você a receber o pagamento (instantaneamente). Eles também garantem que seus clientes
possam acessar seus arquivos sem complicações.
- O YouTube se tornou o principal lugar para vender batidas online. Mas é preciso consistência, dedicação e paciência.
- Para ser notado no SoundCloud, você precisa "curtir" a música, repassar músicas e postar comentários genuínos.
- A mídia social trata de contar sua história, envolvendo-se com seus seguidores e fãs. Oferecendo-lhes uma visão geral
da "vida" e construção de relacionamentos.
- Se você conseguir que uma pessoa compre suas beats. Você pode fazer com que 10 pessoas comprem seus beats.

Parte 3: Como se tornar o tipo de produtor que ganha de 4 a 5 dígitos por mês com a venda de beats online.

Você não precisa (imediatamente) pedir demissão do emprego para iniciar um negócio de vendas de beat. Você também não
precisa de papéis sofisticados ou diplomas. Você só precisa de bons beats, um plano de marketing e a mentalidade certa.

Este último é provavelmente o mais importante.

Se você leu cada palavra deste guia até agora, isso diz muito sobre sua vontade de aprender.
Se você foi direto para a Parte 3
isso diz muito sobre o quanto você deseja receber esse dinheiro.

Eu não estou julgando ...

Basta ter em mente; Não existe um método de ganhar dinheiro rápido. este não é um guia para isso

Então, como você se torna o tipo de produtor que ganha 5 dígitos por mês vendendo batidas?

A resposta a essa pergunta explica a diferença entre um “Beatmaker reclamão ” e um “Beatmaker Empreendedor”.


Os 3 M's fundamentais de um negócio de vendas rápido


Música
Marketing
Mentalidade

Encontrar o equilíbrio certo entre esses três pode ser um desafio.


Algo que aprendi em alguns anos de etúdo sobre negócios online.

O Reclamão

- Sempre espera suas vendas caindo do céu
- Depende de outras pessoas para lançar sua carreira
- Facilmente esgotado e sobrecarregado
- Espera o momento perfeito para começar
- Obcecado por precisar do “equipamento certo”

O Empreendedor

- Trabalha dia e noite para alcançar um certo nível de sucesso
- Autodidata e autodesenvolvimento contínuo
- Calmo e deliberado
- Age e não se preocupa com os equipamentos
- Obcecado em obter resultados
 
A qualidade de sua música influencia quanto dinheiro as pessoas estão dispostas a pagar por ela.

Você já ouviu a música que criou anos atrás? Eu sei que sim. É constrangedor.

Se você já produz música há algum tempo, tenho certeza que vai se identificar.

Vendendo batidas usando estratégias de marketing online


Vender batidas online é 80% marketing e 20% produção musical. Eu ainda mantenho isso, porque é assim que tenho trabalhado
meu caminho ao longo dos anos.

Aqui estão algumas das estratégias de marketing online que utilizo.

Monte um Grupo de vendas no Whats App
Participe ou crie um grupo do Facebook
Participe de fóruns e discussões online
Expanda seu canal no YouTube


Existem duas abordagens quando se trata de marketing digital :

Marketing baseado no respeito e o
Marketing agressivo


A diferença entre os dois é de importância significativa. Enquanto o marketing agressivo parece ser mais de curto prazo.
O marketing baseado no respeito é uma estratégia de longo prazo.

A verdade é que o equilíbrio entre os dois é importante. Mas, em última análise, o princípio fundamental deve ser o
marketing baseado no respeito.

Aqui está um exemplo de marketing baseado no respeito com uma pitada de marketing agressivo.

Com base no respeito:

Escrever artigos que educam os artistas sobre o licenciamento beat. Ou sobre os princípios de compra online. Sem
argumentos de venda, apenas ensinando-lhes tudo o que precisam saber sobre como comprar.
Construir relacionamentos. Mostre (real) interesse nas obras das pessoas, esteja lá para ajudar quando elas precisarem.
Criação de um grupo no Facebook para ajudar os artistas.
Ao participar de fóruns e discussões, seja o (humilde) especialista! Seja aquele cara que está sempre procurando ajudar
os outros.

Agressivo:

Criação de artigos nas redes sociais para cada novo lançamento beat, com um discurso de vendas instantâneo.
Criação de uma sequência de e-mail para iniciar um período de vendas. 
Por exemplo. “Compre 1 e leve 2 GRÁTIS se você comprar nos próximos 7 dias.”
De vez em quando, coloque um link para sua nova batida nos grupos do Facebook.
O fato é que você precisa utilizar ambos. Mas mantenha o equilíbrio certo para criar relacionamentos comerciais de longo
prazo. Se você fizer isso corretamente, a receita gerada a partir desses 20% facilmente compensará os 80% restantes.

A mentalidade de um empresário musical

A mentalidade é tudo. A diferença entre uma mentalidade construtiva e uma mentalidade fixa é perfeitamente explicada no
visual abaixo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ainda assim, esta é a parte em que muitos produtores falham.

Se você veio aqui para aprender como vender batidas online, pode ter ficado sobrecarregado de informações. E você
aprendeu que há mais o que fazer do que simplesmente fazer música.

Talvez isso o tenha desanimado e agora você esteja menos animado com isso.

Ou Talvez seja o oposto? Você está muito animado para começar, mas não tem certeza por onde começar?

Na próxima seção, vamos desmontar essas barreiras aparentemente enormes, uma por uma.

Barreira nº 1: estou "muito ocupado" para começar um negócio de vendas rotineiro
Digamos que você esteja trabalhando em tempo integral, vá para a escola 5 dias por semana ou tenha filhos que você
precisa cuidar. Pode parecer impossível começar um negócio próximo às suas rotinas diárias.

Eu entendo isso totalmente.

Comecei meu negócio quando tinha um emprego de tempo integral enquanto ia para a escola a noite.Já cheguei a ter 2 empregos, e 1 curso de adm a tarde ,trabalhava de dia e a noite para sustentar o estúdio, mas eu não tinha tempo para meu próprio estúdio. 

Houve momentos em que fiquei tão frustrado por não ter tempo suficiente para fazer meu negócio crescer.

Mas nunca desisti.

Por outro lado, desisti de muitas outras coisas.

Passar muito tempo com amigos
Sair nos finais de semana
Assistir tv
Jogar video game

Diga-me ... Quanto tempo você gasta nisso todas as semanas?

8 horas? 16 horas? 24 horas?

Quando as pessoas dizem: “Não tenho tempo para começar meu próprio negócio.”. Isso significa que eles ainda não estão
dispostos a abrir mão de coisas que não importam.

Em vez disso, eles pensam sobre seus planos com amigos neste fim de semana. Jogar videogame e assistir TV três noites por
semana. E não me entenda mal, tudo bem. Contanto que você seja honesto consigo mesmo.

Mas até que você possa sair do dia-a-dia e assumir o controle do seu tempo. Você sempre estará reagindo às demandas do
resto do mundo, no seu tempo.

Em outras palavras. Você poderia passar mais 5 anos saindo com seus amigos todo fim de semana. Jogar videogame e assistir
Netflix. E ainda não ter seu próprio negócio funcionando.

Qual é a alternativa?

Você pode adicionar 8, 16 ou 24 horas ao seu calendário semanal. E assuma o controle do seu tempo.

Quando você não pode correr um km, corra ao redor de sua casa. Quando você não puder correr pela casa, dê alguns passos.
Quando você não tiver inspiração para criar um beat, basta criar um loop de bateria.

O que estou tentando dizer é que tudo que você precisa é COMEÇAR! simples.

Além disso, ao vender batidas online, basicamente você automatiza todo o seu negócio!

Barreira nº 2: não sei como e quando começar a vender minhas batidas online


Os empreendedores são facilmente oprimidos. Eles têm uma tonelada de ideias passando por suas mentes, constantemente. E
eles agem imediatamente.

Para lutar contra essas 2 forças opostas basta AGIR.

Na minha vida, eu conheci muitas pessoas talentosas. Compositores, artistas, músicos, produtores. Mesmo pessoas que
tinham grandes ideias de negócios, que não tinham nada a ver com música.

A maioria dessas pessoas falhou. Pessoas talentosas que pensei que fariam sucesso.

Eles falharam porque foram incapazes de agir. Uma ideia é apenas uma ideia até que você decida fazer algo a respeito.

 " Se você tem um sonho, pode passar a vida inteira estudando, planejando e se preparando para ele. Mas o que você deve
fazer é começar."

- Drew Houston, cofundador e CEO do Dropbox

 


No seu caso, há duas coisas a serem consideradas aqui.

Quantos Beats você tem atualmente?
Quanto tempo você pode / deseja dedicar ao seu negócio?


Se você tiver mais de 15 batidas, poderá começar a vendê-las instantaneamente. E gaste a maior parte do seu tempo (livre)
em marketing.

Você já está sentado em uma pilha de ouro!

O tempo é o seu bem mais valioso. Mas sua hora de começar a agir é sempre AGORA.

Basta determinar quantas horas por semana você pode dedicar ao seu negócio.

Escolha um número, programe-o em seu calendário e seja consistente para trabalhar nessas horas.

Barreira nº3: Mas eu não tenho as ferramentas e equipamentos certos.
Cada produtor luta com seu equipamento. Estamos sempre em busca de melhores sons e equipamentos mais caros. Francamente,
nunca é bom o suficiente.


Nos meus primeiros anos de vendas online, culpava meu equipamento pela falta de vendas e pelo crescimento lento. Pensando
que precisava investir mais em equipamentos de estúdio para fazer batidas melhores.

O maior erro que se pode cometer !

A falta de vendas não tem nada a ver com o seu equipamento. E eu tive que aprender isso da maneira mais difícil.

Mas as vendas não dispararam. Olhando para trás agora, percebo que poderia praticamente ter o mesmo valor que gastei com
equipamentos com a venda de beat .

Você não precisa de um grande espaço por que vamos ser honestos. Não dirigimos um estúdio de gravação. Não estamos
gravando bandas ou fazendo muitas gravações ao vivo. Somos criadores de beat.

E o que os beatmakers realmente precisam?

o básico seria 

-Computador ou laptop
-Drum kits e VST's
-DAW ( FL Stúdio, Ableton...)
-Interface de áudio
-Monitores
-Fones de ouvido
-Teclado MIDI

 Mas hoje somente com um Computador com uma DAWN instalada e um fone de ouvido você consegue dar início a sua carreira, até mesmo apenas com o celular !
 

Existem produtores por aí que ganham uma enorme quantidade de dinheiro todos os meses com a venda de batidas. Batidas
feitas em um computador de dez anos com amostras gratuitas de samples. Criado em um quarto de 5m².

Novamente, se trata de marketing e taxa de conversão.

Se você tem dinheiro para gastar, gaste-o em ferramentas e informações de marketing.
 

Pronto pra começar ? Não perca tempo !!

Espero sinceramente que este guia inspire e motive pelo menos uma pessoa. Esse é o objetivo por enquanto.

No entanto, existem muitas opiniões (controversas) sobre a venda de batidas. Espero ter sido transparente o suficiente
para mostrar a você as possibilidades. Posso dizer honestamente que esse negócio me levou a uma jornada incrível até
agora.

Eu não vou mentir. Tem sido difícil. Eu tive altos e baixos. Meses de vendas ruins e eu estive quebrado várias vezes ao
longo dos anos.

Mas se você ama fazer música tanto quanto eu. E se você se dedica a transformar seu amor pela música em um negócio
lucrativo. Você encontrará uma maneira de voltar a subir.

Este guia não foi feito por min mas foi traduzido e adaptado para minha realidade e a do cenário brasileiro da melhor forma possível.
venho estudando e traduzindo esse guia á anos.
Este é o link do guia original https://urbanmasterclass.com/how-to-sell-beats-online/

IMG_0247.JPG
Screenshot_20210406-052549_Twitter_edite
IMG_20210406_155525_230_edited.jpg
mentalidade-fixa-crescimento.png